Mulher de Cabral dava cobertura a crimes praticados por ex-governador, diz juiz

0
170

Ao decidir prender Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador Sérgio Cabral, na tarde desta terça (6), o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal esclarece que a ex-primeira-dama do Estado do RJ teve participação ativa nos crimes praticados por “uma organização criminosa que se instalou no Governo do Estado do RJ”. Sérgio Cabral está preso desde 17 de novembro na deflagração da operação Calicute.

Deixe uma resposta