CONFUSÃO: Lula processa Delcídio por danos morais e pede R$ 1,5 milhão de indenização

0
204

O ex-presidente Lula entrou com uma ação de danos morais contra o ex-senador Delcídio Amaral, que acusou Lula de obstrução à Justiça em sua delação premiada. Como indenização, os advogados estipularam que Delcídio pague, em caso de condenação, o valor de R$ 1,5 milhão. Em sua delação premiada, Delcídio afirmou que Lula teria pedido para que o ex-senador evitasse que o ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, firmasse um acordo de colaboração com o Ministério Público Federal (MPF), fato negado por Lula.

“Diante disso, é evidente que ofensa à honra e à imagem do autor [Lula] teve enorme repercussão na sociedade, causando-lhe enorme prejuízo a sua honra e reputação no Brasil e no exterior”, afirmaram os advogados do ex-presidente.

Entre as razões listadas para quantificar a indenização, os advogados afirmaram que Delcídio, no acordo de delação, se dispôs a efetuar o pagamento de uma multa de R$ 1,5 milhão, o que evidenciaria sua capacidade de arcar com a indenização pedida por Lula.

O Globo

Deixe uma resposta